O que é um Advogado
correspondente jurídico?

É um Advogado ou profissional da área jurídica que realiza serviços para escritórios de advocacia ou empresas que se localizam em outras cidades ou estados.

Para profissionais Para contratantes

Quais serviços ele pode prestar?

O Correspondente Jurídico pode prestar os mais variados serviços, como: audiências, protocolos, assessorias jurídicas, diligências, cópias de processos, despachos, acompanhamentos de julgamentos, entre outros. Para isso, esse profissional deve possuir conhecimento jurídico, entender sobre as práticas forenses e os trâmites legais.

O que precisa para ser correspondente?

O conhecimento das Fontes Formais do Direito (Constituição Federal do Brasil de 1988, As Leis Codificadas, as Leis Ordinárias e as Leis Complementares, os Decretos legislativos, as Portarias, as Jurisprudências) e as Fontes não-formais do Direito (doutrinas, costumes e os princípios) são bases para a instrução jurídica do profissional que irá atuar como Correspondente Jurídico. Além desses conhecimentos jurídicos específicos, o correspondente também deve ser dotado de responsabilidade, pontualidade, respeito, ética, bom comportamento, educação, boa oratória, boa dicção, postura e aspecto empreendedor.

Quem utiliza o serviço e como contratar?

Os Correspondentes Jurídicos, normalmente, são contratados por escritórios de advocacia e empresas que necessitam de apoio jurídico fora da sua região sede.

Atualmente, os advogados e as empresas contam com a ajuda da tecnologia, como a oferecida por nós do Jurídico Certo, para localizar profissionais altamente qualificados em qualquer lugar do Brasil de forma rápida e segura.

Bacharéis e estudantes de Direito podem participar?

O estudante e o bacharel em Direito, apesar de não poderem advogar sem a aprovação no Exame da OAB, podem realizar muitas atividades que auxiliam escritórios de advocacia e a área jurídica como um todo, como por exemplo:

Realizar cópias, protocolos, retirar alvarás, realizar consultas, elaborar peças (sob supervisão de um Advogado com OAB), emitir guias e verificar andamentos processuais.

Quer saber mais?

Saiba mais sobre a correspondência jurídica.

Visite nosso blog