Aviltamento de Valores


04/04/2019 às 18h18
Por Rocha I Campanhola Advogados e Paralegal

Tudo bem meus prezados colegas de profissão, hoje iremos falar sobre algo que atrapalha nossa relação de consumo e fornecimento de serviços com nossos colegas operadores do direito, o aviltamento de valores, nos é cobrado diariamente a forma como nos relacionamos com as pessoas, dessa forma fica claro que devemos acordar e refletir sobre os valores perjurantes impostos para a conclusão de trabalhos diretamente ligados aos processos de demandas, diligências ou costumeiramente correspondências jurídicas, o fato é que nosso país esta se recuperando agora de uma crise causada por governos anteriores e isso infla áreas do mercado onde a perspectiva de ganho é grande, e uma delas é a correspondência jurídica, hoje não mais um investimento devido sua concorrência estar desleal um pouco por parte dos correspondentes que insistem na ideia "idiota" de que se baratear os valores arrecada-ra na quantidade de serviços seus lucros, porem não fazem contas ou sequer cálculos e mergulham no mercado atrás dos tubarões, isso é a mais pura ilusão, experiência própria, sim fui um desses "idiotas", adiante me deparei com um problema ou colocava gasolina no carro ou comprava a mistura do mês, ou pagava minha conta de telefone, sim caros amigos é esse o ponto chave, calcular seus gastos, em media hoje um correspondente com trabalho como o meu leva em média 3 horas por dia pra fazer um bom trabalho de cópias por exemplo (200 folhas), no mês isso daria 72 horas sobre um valor de 100 cem reais que é a media (porem o mercado esta saturado com aviltamentos com valores que chegam a 20,00 reais por processo e não por volume) daria um valor de 2.400,00 reais por mês bruto, agora façamos o calculo com valores aviltantes como demonstrei nos parenteses anteriormente, 24 x 20,00= 480,00 reais isso mesmo querem que você meu caro trabalhe três horas por dia por 20,00 reais , devemos repensar nossos conceitos, aconselhar quem esta entrando na área e demonstrar repudio a escritórios que querem aviltar seus valores por conta de uma demanda que não será por eles executada. Os serviços de correspondência jurídica são cobrados dos clientes e assim repassados os valores os que repassam arrecadam com o pagamento e pra enxugarem repassam o serviço com valores aviltantes, quem capta esses serviços por este valor só esta propagando a falta de caráter e moralidade com a classe de operadores do direito, nós brasileiros devemos perceber a importância que damos pra nossa profissão , aprendam meus caros colegas a calcular seus gastos , suas horas trabalhadas, onde são gastos seus lucros percentuais obtidos do seu esforço, ver realmente se vale a pena se submeter a ganhar "vintão ali" ou valorizar sua profissão e esforço desempenhado pra chegar ao topo da cadeia alimentar, denunciem façamos barulho pra que possamos caracterizar profissionalmente a nossa classe como profissional e não amadora.


    Rocha I Campanhola Advogados e Paralegal

    Estudante de Direito - São Paulo, SP


    Comentários